Histórico

Histórico do Instituto Santa Cruz

 

Os objetivos

O Instituto Santa Cruz é um local de estudos. Tem em vista a preparação intelectual dos presbíteros, especialmente diocesanos, mas também é aberto a religiosos, religiosas e leigos consagrados. Atualmente, possui um corpo docente composto por cerca de 30 professores e um corpo discente de 64 alunos, entre eles, seminaristas diocesanos, um monge beneditino e duas leigas consagradas. Conta também com três funcionários administrativos.

Passados oito anos desde sua criação, já foram ordenados aproximadamente 30 sacerdotes e 2 religiosas já emitiram compromisso definitivo. Já foram apresentadas 72 monografias de Filosofia e 41 de Teologia, que servem como fonte de estudo e pesquisa para os novos estudantes. Há três anos, promove-se, ainda, uma Semana Acadêmica, com comunicações de alunos, professores e convidados sobre diversos temas filosóficos e teológicos.

O início

O dia 24 de novembro de 2003 é muito importante para a história da formação dos futuros pastores do Povo de Deus no Centro-Oeste. Neste dia, os bispos de várias dioceses fundaram a Associação “Sedes Sapientae”, cuja finalidade é promover a formação humana, espiritual, intelectual e pastoral dos futuros presbíteros. Criaram também, como primeiro ato da referida associação, o Instituto de Filosofia e Teologia Santa Cruz (IFTSC), com o objetivo de fazer cumprir tais finalidades.

O ato de fundação foi realizado em conjunto pelo Arcebispo de Goiânia e pelos bispos das dioceses de São Luiz de Montes Belos, Itumbiara, Ipameri, Jataí, Formosa, Goiás, e Rubiataba/Mozarlândia, tornando, por este ato, as mesmas dioceses automaticamente associadas da Sedes Sapientiae. Eram, respectivamente, D. Washington Cruz (eleito presidente da associação), D. Carmelo Scampa, D. Antônio Lino (eleito secretário), D. Guilherme Werlang, D. Aloísio Hilário, D. João Wilk, D. Eugenio Rixen e D. José Carlos de Oliveira.

Em 18 de junho de 2004, houve uma nova Assembleia Extraordinária, que aprovou uma reformulação acadêmica no Instituto Santa Cruz. Houve, por breve tempo, um convênio com a então Universidade Católica de Goiás – UCG. O projeto acadêmico foi apresentado segundo as orientações do MEC e apreciado pela equipe da Pró-Reitoria de Graduação da referida Universidade.

A construção do prédio

A decisão pela construção de um edifício próprio para o IFTSC foi tomada pelos senhores bispos na assembleia de junho de 2004, com a expressa exigência de que este fosse “modesto, mas apropriado” para o melhor atendimento de suas finalidades. Até então, o IFTSC utilizava-se, para o curso de Filosofia, do prédio do antigo Instituto de Filosofia Dom Jaime Collins, que servira ao Seminário Interdiocesano São João Maria Vianney, bem como, para a Teologia, das instalações do Seminário Santa Cruz, da Arquidiocese.

A pedra fundamental das novas instalações foi lançada, por S. Exª. Revmª. D. Lorenzo Badisseri, Núncio Apostólico no Brasil. No dia 03 de março de 2005 a diretoria da Sedes Sapientiae reuniu-se no local para receber o edifício concluído e iniciar sua utilização pelas turmas do curso de teologia. No dia 14 de setembro do mesmo ano, Festa da Exaltação da Santa Cruz, o prédio foi solenemente inaugurado e abençoado pelo Sr. Núncio.

No dia 12 de setembro de 2009, o Instituto recebeu a grata visita de S. Emª. Revmª. Cardeal Zenon Grocholewski, Prefeito da Congregação para a Educação Católica, da Cúria Romana. Na ocasião, o Cardeal frisou a necessidade de uma estreita relação entre formação espiritual e intelectual.

A diretoria

Na mesma Assembleia que criou a Sedes Sapientiae e o IFTSC, os senhores bispos nomearam o Pe. Joaquim José Neto como Diretor Executivo do Instituto, o Pe. Elenivaldo Manoel dos Santos como Diretor Financeiro e o seminarista João Batista de Lima como Secretário Executivo.

Quando se deu a inauguração do prédio, na Festa da Exaltação da Santa Cruz de 2005, foram escolhidos novos mesmos da diretoria do IFTSC, pelo prazo de três anos: Pe. Joaquim José Neto foi confirmado no cargo; o Diácono Rodrigo de Castro Ferreira foi nomeado Diretor Financeiro e Pe. João Batista de Lima, Secretário Executivo.

Em 06 de junho de 2009, foi nomeado o Mons. Luiz Gonzaga Lobo como Diretor do Instituto, por tempo indeterminado. Desde o início de 2011, o Pe. David Pereira de Jesus assumiu o cargo de Diretor Acadêmico do IFTSC.

Pedro Mendonça Curado Fleury

Renato Vieira Vinhal Mota

Um comentário em “Histórico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s